Tokenização de dados: O que é e por que é importante para o setor cripto

Saiba tudo sobre a tokenização de dados, como ela funciona na blockchain e sua aplicação em cripto e em outros setores.

Dec 05, 2023
|

Data Tokenization F

Principais informações:

  • A tokenização de dados envolve a substituição de dados confidenciais por tokens exclusivos, tornando as informações originais inacessíveis.
  • A substituição de dados confidenciais por tokens pode reduzir o risco de violações de dados e permite uma integração perfeita com os sistemas existentes, aprimorando a portabilidade e a integração dos dados.
  • A tokenização de dados já é aplicada em vários setores, incluindo o financeiro (proteção de transações com cartão de crédito), saúde (proteção de dados de pacientes) e gestão de ativos (conversão de ativos em tokens digitais para negociação).
  • Para ajudar a garantir a segurança de dados confidenciais, ela pode ser usada em combinação com a criptografia para segurança em camadas.

Introdução à tokenização de dados

Na era digital atual, a segurança dos dados é de suma importância. Como as organizações coletam e armazenam grandes quantidades de informações confidenciais, garantir sua proteção torna-se uma tarefa essencial. Um método que tem ganhado bastante atenção nos últimos anos é a tokenização de dados.

Este artigo analisa o que é a tokenização de dados, como ela funciona na blockchain e seus benefícios e aplicações em vários setores.

Entendendo a tokenização e sua definição

A tokenização, no contexto da segurança de dados, refere-se ao processo de substituição de dados confidenciais por identificadores exclusivos chamados tokens. Esses tokens não têm valor intrínseco e não fazem sentido fora do contexto do sistema em que são usados.

Em termos simples, a tokenização substitui informações confidenciais, como números de cartão de crédito ou números de identificação pessoal (PINs), por tokens gerados aleatoriamente, preservando o formato e o comprimento dos dados originais.

A tokenização oferece várias vantagens em relação a outros métodos de proteção de dados. Em primeiro lugar, ela reduz o risco de violações de dados, pois os tokens não têm valor e não podem ser submetidos a engenharia reversa para revelar os dados confidenciais originais. Além disso, a tokenização simplifica a conformidade com as normas de proteção de dados, pois as organizações podem limitar o escopo dos sistemas auditados àqueles que lidam diretamente com dados confidenciais.

Como funciona a tokenização de dados

O processo de tokenização de dados envolve várias etapas importantes. Inicialmente, os dados confidenciais são identificados e segmentados em elementos distintos, como números de cartão de crédito, números de previdência social ou outras informações de identificação pessoal (PII). Esses elementos passam então por um sistema de tokenização, que gera tokens exclusivos para cada elemento de dados.

O sistema de tokenização consiste em um cofre ou banco de dados de tokens que armazena com segurança o mapeamento entre os dados confidenciais originais e os tokens correspondentes, que são gerados usando algoritmos criptográficos, garantindo sua exclusividade e aleatoriedade. Uma vez tokenizados, os dados confidenciais são eliminados do sistema, deixando apenas os tokens no lugar.

Quando um token precisa ser usado, por exemplo, durante uma transação ou recuperação de dados, ele é enviado ao sistema de tokenização, que recupera os dados confidenciais correspondentes do cofre de tokens. Os dados são então devolvidos ao sistema solicitante, permitindo operações contínuas sem expor as informações confidenciais originais.

Benefícios da tokenização de dados

A tokenização de dados oferece vários benefícios para as organizações que buscam proteger seus dados confidenciais. A tokenização reduz o risco de violações de dados, pois os tokens não têm valor para possíveis invasores. Portanto, mesmo que ocorra uma violação, os tokens roubados não podem ser vinculados aos dados confidenciais originais sem acesso ao cofre de tokens.

Além disso, a tokenização simplifica a conformidade com as normas de proteção de dados, como o Padrão de Segurança de Dados do Setor de Cartões de Pagamento (PCI DSS). Com a tokenização dos dados de cartão de crédito, as organizações podem reduzir significativamente o escopo de suas auditorias de compliance, pois os tokens não são mais considerados dados confidenciais. Essa simplificação economiza tempo, esforço e recursos na obtenção e manutenção da compliance normativa.

Além disso, a tokenização aprimora a portabilidade e a integração dos dados. Como os tokens mantêm o formato e o comprimento dos dados originais, eles podem ser perfeitamente integrados aos sistemas e processos existentes sem a necessidade de modificações significativas. Essa flexibilidade permite que as organizações aproveitem a tokenização em vários aplicativos e plataformas, garantindo a segurança consistente dos dados em todas as suas operações.

Exemplos de tokenização em diferentes setores

A tokenização é utilizada em aplicativos em uma ampla gama de setores, cada um deles se beneficiando de seus recursos exclusivos de segurança de dados. No setor financeiro, a tokenização é amplamente usada para proteger transações com cartão de crédito. Em vez de armazenar os números reais do cartão de crédito, os comerciantes armazenam tokens que representam os detalhes do cartão. Essa abordagem elimina o risco de expor as informações financeiras dos clientes no caso de uma violação.

Outro setor que utiliza a tokenização é o de saúde, no qual os dados confidenciais dos pacientes, como registros médicos ou informações de seguro, são tokenizados para proteger a privacidade dos pacientes e, ao mesmo tempo, permitir o processamento eficiente dos dados. A tokenização garante que somente o pessoal autorizado possa acessar as informações originais do paciente, reduzindo o risco de divulgação não autorizada.

A tokenização também está ganhando força no campo da gestão de ativos, que envolve a conversão de ativos tangíveis ou intangíveis, como imóveis ou propriedade intelectual, em tokens digitais. Esses tokens podem então ser negociados ou transferidos em plataformas de blockchain, proporcionando maior liquidez e transparência de ativos tradicionalmente ilíquidos.

Tokenização de dados versus criptografia

Embora tanto a tokenização quanto a criptografia de dados sejam métodos de proteção de dados, elas diferem em sua abordagem e casos de uso. A criptografia envolve a conversão de dados em um formato codificado usando algoritmos de criptografia, tornando-os ilegíveis sem a chave de descriptografia correspondente. Por outro lado, a tokenização substitui dados confidenciais por tokens exclusivos que não têm valor intrínseco.

A principal distinção está no nível de segurança fornecido. A criptografia foi projetada para oferecer segurança matemática forte, o que a torna adequada para proteger dados em repouso ou em trânsito. Por outro lado, a tokenização se concentra na proteção dos dados durante o processamento e o armazenamento. Ao eliminar a necessidade de descriptografar os dados para uso autorizado, a tokenização reduz a superfície de ataque e diminui o risco de exposição de informações confidenciais.

É importante observar que a tokenização e a criptografia não são mutuamente exclusivas. Na verdade, elas podem ser usadas em conjunto para fornecer segurança em camadas. Ao criptografar os dados tokenizados, as organizações podem acrescentar uma camada adicional de proteção, garantindo que, mesmo que os tokens sejam comprometidos, os dados criptografados permaneçam seguros.

Desafios da tokenização de dados

Embora a tokenização de dados ofereça inúmeros benefícios, ela também apresenta certos desafios e considerações que as organizações devem abordar. Ela exige planejamento e implementação cuidadosos para garantir a segurança e a integridade do cofre de tokens, que deve ser adequadamente protegido contra acesso não autorizado e adulteração, pois o comprometimento do cofre permitiria que os invasores vinculassem os tokens aos dados confidenciais originais.

Além disso, a tokenização introduz complexidades na recuperação de dados e na integração de sistemas. As organizações devem garantir que seus sistemas possam lidar perfeitamente com dados tokenizados e recuperar as informações confidenciais correspondentes quando necessário. Isso pode exigir atualizações nos aplicativos, bancos de dados e APIs existentes para acomodar o processamento de dados baseado em tokens.

Além disso, as organizações devem considerar o impacto da tokenização na análise de dados e na geração de relatórios. Os dados tokenizados podem não ser adequados para determinadas técnicas analíticas ou requisitos de relatórios, pois os tokens não têm o significado inerente dos dados confidenciais originais. As organizações devem avaliar cuidadosamente as compensações entre a segurança dos dados e os recursos analíticos para garantir que os resultados desejados sejam alcançados.

À medida que a segurança dos dados continua a evoluir, o mesmo acontece com o campo da tokenização. Estão surgindo várias tendências que moldarão o futuro da tecnologia de tokenização. Uma dessas tendências é a integração da tokenização com tecnologias emergentes, como blockchain e inteligência artificial (IA). Ao combinar a tokenização com o blockchain, as organizações podem aumentar a transparência, a rastreabilidade e a imutabilidade dos dados tokenizados.

Além disso, a IA pode desempenhar um papel crucial na tokenização, automatizando o processo de atribuição de tokens e identificando padrões nos dados tokenizados. Os algoritmos de IA podem analisar elementos de dados e gerar tokens com base em padrões ou regras predefinidos, simplificando o processo de tokenização e reduzindo a dependência de intervenção manual.

Outra tendência é a expansão da tokenização para além dos tipos de dados tradicionais. Embora a tokenização seja comumente usada para informações confidenciais, como números de cartão de crédito ou números do Seguro Social, sua aplicação pode ser estendida a outros tipos de dados, como dados biométricos ou de geolocalização. Ao tokenizar esses tipos de dados adicionais, as organizações podem aprimorar a proteção da privacidade e cumprir as normas de proteção de dados em constante evolução.

Conclusão

A tokenização de dados é uma técnica poderosa de segurança de dados que permite que as organizações protejam informações confidenciais e, ao mesmo tempo, mantenham a eficiência operacional. Ao substituir dados confidenciais por tokens, as organizações podem minimizar o risco de violações de dados, simplificar a conformidade com as normas e aprimorar a portabilidade e a integração de dados. A tokenização é usada em vários setores, de finanças a saúde e gerenciamento de ativos.

Embora a tokenização e a criptografia tenham finalidades diferentes, elas podem ser usadas em conjunto para oferecer segurança em camadas. No entanto, as organizações devem planejar e implementar cuidadosamente a tokenização para enfrentar os desafios relacionados à segurança do cofre, à recuperação de dados e à integração do sistema.

Olhando para o futuro, a integração da tokenização com tecnologias emergentes e a expansão da tokenização para novos tipos de dados ajudarão a moldar o futuro da segurança de dados.

Faça a diligência devida e sua própria pesquisa

Todos os exemplos listados neste artigo são apenas para fins informativos. Você não deve interpretar nenhuma dessas informações ou outros materiais como aconselhamento jurídico, tributário, de investimento, financeiro, de segurança cibernética ou outro. Nada aqui contido deve constituir uma solicitação, recomendação, endosso ou oferta da Crypto.com para investir, comprar ou vender quaisquer moedas, tokens ou outros criptoativos. Os retornos sobre a compra e venda de criptoativos podem estar sujeitos a impostos, incluindo imposto sobre ganhos de capital, em sua jurisdição. Quaisquer descrições de produtos ou recursos da Crypto.com são meramente ilustrativas e não constituem um endosso, convite ou solicitação.

O desempenho passado não é uma garantia ou previsão de desempenho futuro. O valor dos criptoativos pode aumentar ou diminuir, e você pode perder todo ou uma quantia substancial do seu preço de compra. Ao avaliar um criptoativo, é essencial que você faça pesquisas e a devida diligência para fazer o melhor julgamento possível, pois qualquer compra será de sua exclusiva responsabilidade.

Tags

Blockchain

crypto

data security

tokens

Compartilhar com amigos

Pronto para começar a sua jornada pelas criptos?

Receba o guia passo a passo para abrir uma conta na Crypto.com

Ao clicar no botão Começar, você reconhece ter lido o Aviso de Privacidade da Crypto.com, no qual explicamos como usamos e protegemos os seus dados pessoais.
Mobile phone screen displaying total balance with Crypto.com App

Common Keywords: 

Ethereum / Dogecoin / Dapp / Tokens